Às vezes, quando estamos estudando algo, acabamos aprendendo mais do que esperávamos. Há alguns dias, andei estudando ligação probabilística de bases de dados. Acabei notando que uma coisa interessante: essa técnica pode ser usada para comparar coisas bem diferentes. Anotei no meu caderno e resolvi explorar mais a fundo hoje. Vejamos. Entendendo a desigualdade regional no Brasil a partir do mundo Na época que eu trabalhava mais diretamente com comunicação a partir de estatísticas, o problema principal era: como ajudar o leitor não-especializado a entender um número?

Continuar leitura

Foto do autor

Guilherme Jacob

Manauara.
Mestrando em População, Território e Estatísticas Públicas.
Bacharel em Direito e Economia.

Rio de Janeiro, Brasil